LUGARES CÊNICOS, ARTE, VILAS HISTÓRICAS E CIDADES INTELIGENTES

Taiwan é um país exuberante, para ser saboreado aos poucos. Engano seria pensar que esta ilha de 36 mil quilômetros quadrados, situada em arquipélago vulcânico, é uma nação de reduzidos atrativos. Não sem motivo recebeu dos portugueses o nome de “Formosa”. É pouco dedicar apenas uma, duas semanas, para explorar a infinidade de lugares cênicos, […]

SONGDO, CIDADE ESPERTA EM UM PAÍS INTELIGENTE

A face exposta do Distrito Internacional de Songdo é a do turismo, dos parques e das áreas verdes, da beleza arquitetônica moderna, dos negócios e do entretenimento. Em uma visita comum, caminhando pelas ruas – sem destapar os mecanismos ocultos da cidade – é difícil saber o quão inteligente é o lugar, construído especialmente para […]

O COTIDIANO DO VIAJANTE E A POUSADA FANTASMA

A minha primeira impressão da Coreia do Sul foi como a da imagem acima – muita poluição visual. Letras, placas, painéis e cartazes cobriam as fachadas dos edifícios, era difícil identificar cada ponto de comércio. Acabava de desembarcar no porto internacional de Incheon, uma viagem de 17 horas de ferry boat, atravessando o Mar Amarelo, […]

A VILA DO TIGRE E DO DRAGÃO

A China é uma combinação de lugares históricos, vilarejos ancestrais, paisagens exuberantes e cidades modernas. Alguns dos cenários mais pitorescos estão na região de Huizhou, na província de Anhui. A região floresceu com a riqueza dos comerciantes de madeira, chá e sal. A história era severa. Com apenas 13 anos os meninos eram lançados para […]

A PROPAGANDA E O CULTO POLÍTICO-RELIGIOSO (PARTE 3)

Estávamos em filas. Alinhadas quatro a quatro, formando um retângulo. Imperfeito, um tanto desordenado. Os coreanos que vinham atrás se posicionavam em blocos simétricos, vestiam-se praticamente iguais e se movimentavam de maneira uniforme. Marchavam, atrás de nós. Todos em direção aos mausoléus dos líderes. Kumsusan, o Palácio do Sol, em Pyongyang, é para mim a […]

A VIDA NO PAÍS COMUNISTA (PARTE 2)

“Somos um país comunista, aqui tudo é de graça: casa, saúde e educação”, declarou a guia local, nos meus primeiros dias em terras norte coreanas. Reflexivo, me calei, ainda tentando tocar a realidade com as mãos. Agora poderia sentir um pouco, na prática, essa cotidiano socialista. Longe do dogmatismo teórico ou de poses esquerdistas. De […]

A ÚLTIMA FRONTEIRA (PARTE 1)

Parecia ter desembarcado em um cenário de filme, com poucos atores. Talvez pelas construções coloridas, em tons suaves, contrastando com os trajes cinzas, marrons, verdes ou azuis, sempre escuros, dos norte coreanos. Talvez pela ausência de publicidade, painéis, placas ou neons, tão comuns na China e no mundo ocidental. À primeira vista, Pyongyang, a capital, […]