A casa de argila

Publicado em: 11/01/ 13

Casa de argila 1
Casa de argila 2
Casa de argila 3
Casa de argila 4
Casa de argila 5
Casa de argila 6
Casa de argila 7
Casa de argila 8
Casa de argila 9
Casa de argila 10

Totalmente inspirada no gênio da arquitetura, Antoni Gaudi, a casa de argila foi construída como se trabalha uma grande peça de cerâmica: com as mãos. Claro, o arquiteto colombiano Octavio Mendoza Morales também utilizou algumas ferramentas, agrícolas, para dar forma a sua criação.

As quatrocentas toneladas de argila foram queimadas com carvão, em fornos instalados no interior da casa. Como o elemento terra é térmico, a construção acumula a energia solar para aquecer a casa à noite e nas horas mais frias.

De acordo com o arquiteto, esse tipo de construção seria ótima solução para áreas com grande risco de incêndios, visto que a argila resiste ao fogo, afinal é feita para queimar.

Os detalhes, em ladrilhos coloridos, também lembram fortemente o catalão Gaudi. Como projeto, eternamente em construção, a chamada “Casa Terracota” é uma espécie de experimentação arquitetônica e artística. Nunca será dado como concluído por Morales. Começou a ser erguida há 13 anos, no povoado de Villa de Leyva, a três horas de Bogotá.


22 Comentários

  1. Pedro Carmona disse:

    Revisitando a pagina para mostrar, fez sucesso aqui em casa essa casa do Morales. Lembra a idéia do artista Vilaró (http://carlospaezvilaro.com.uy) que fez uma casa e museu enorme em Punta Ballenas no Uruguai, chamada Casapueblo. Se o Morales continuar um dia a dele terá o mesmo tamanho!

  2. Guilherme Weber disse:

    Linda, lembrei na hora de Barcelona e tb, como disse o Pedro Carmona no comentário acima, da Casa Pueblo, lugar lindo, uma das luzes mais maravilhosas que já vi. Ike, vc vai amar todo o Uruguai, precisa ir urgente. Bjs

  3. Guilherme Weber disse:

    E aqui tb me lembrou, a casa, com a paisagem no fundo, a casa do Hobbit!

  4. Walace José de Santana disse:

    Olá Ike Weber. Sou do colegio SESI de Campo-Mourao e tambem estamos acompanhando sua viajem.
    Estou olhando sempre seu site e me “atualizando” com sua viajem que estou achando muito bacana mas da maioria das suas postagens a que eu mais gostei foi da casa de argila pois nao é uma coisa “comun”.
    Mas e isso, Boa viajem e continue essa aventura.

  5. Mariana .S oliveira disse:

    Olá Ike Weber.Sou do colégio SESI de Campo Mourão e estou acompanhando cada passo das suas grandes aventuras.Quando olhei seu blog me interessei muito pelo seu trabalho,achei magnifico da sua parte.Boa viagem, espero acompanhar mais suas aventuras,Abracos 😀

  6. Amanda Barboza disse:

    Hola soy una estudiante de la escula SESI de Bandeirantes-PR y estoy haciendo una obra de españoles, siempre siga sus viajes. Me gustó mucho la casa de barro es fascinante … 🙂

    tradução: Oi sou uma estudante do colégio SESI de Bandeirantes-PR e estou fasendo um trabalho de espanhol, sempre acompanho suas viagens. Gostei muito da casa de argila, é fascinante.

  7. Virginia Flora disse:

    Ola Ike, sou do colegio SESI de Campo Mourao PR, achei interessante e ousado a ideia da casa de argila, tenho curiosidades de saber se a casa oferece o mesmo conforto das casas de alvenaria. Observando as fotos, achei diferente e lindo a arquitetura e os detalhes da decoraçao, imagino que a casa de argila oferece o mesmo conforto e praticidade ate mais que as casas tradicionais. Te desejo sucesso e boa viajem, abraços.

  8. Jonathan da Silva disse:

    Ike Weber encontró la casa muy bueno e interesante hecho de la arcilla que fue construido por el famoso arquitecto Octavio Mendoza Morales colombiano que tenía este gran creatividad …

  9. Taina disse:

    Hola Ike, yo soy de la escuela de Bandeirantes SESI-PR! En un país como Brasil, donde hay muchos encendios en los barrios pobres. ¿Crees que este tipo de construcción es posible? felicitaciones por tu trabajo y buena suerte ..

    • ikeweber disse:

      Possível é, mas seria necessário que o governo fizesse cálculo da viabilidade econômica desse tipo de construção. Obrigado, um abço e siga comigo. Ike.

  10. Bruna Orlandeli disse:

    How long did the house take to be built?

    -Colégio Sesi Londrina.

  11. João Victor Nascimento disse:

    Incrivel como a argila pode desenvolver um papel tão funcional e ainda competir com outros materiais feitos pelo homem.Seria interessante se o homem pudesse entrar em harmonia com a natureza não destruindo-a mas desfrutando dela com um pouco mais de respeito. Podendo assim crescer com ecológicamente e mais eficiente.

  12. Aline, Bruna, Isabella, Jean, Jéssica e Wellington disse:

    ¡Hola Ike todo bien ?
    Nosotros somos el equipo 6 – Los Clandestinos, Taller De Mochila por las Americas. Al curso de lós meses acompañamos estrechamente tus viajes; El post que nos llamo la atención fue ‘ La casa de Arcilla’, quedamos sorpresos con tamaña creatividad del arquitecto que há suñado y ejecutado la obra. Nomás, quedamos con una inquietud em médio a tantas dudas . Nos gustaria aclarar una de las dudas con usted, como tanbién ló sabemos y estudiamos en la disciplina de Geografia, el cambio climático influye en la resistência del material en la casa de arcilla ..
    ¿ Han hecho algun tipo de restauración para conservar la misma ?
    ¿ Y cual fue el motivo que logro la construcción de la casa ? Porque fue preferido este sitio ?
    Gracias.
    Los Clandestinos

    • ikeweber disse:

      Los Clandestinos,

      El architecto optou pela arcila pela experimentación del proyecto, pelas propriedades térmicas del material y tanbién pelo inusitado.

      Todo el trabajo fue cauteloso, la arcila fue quemada, entonces la estructura se quedó perfecta. No hizo falta qualquiera restauración.

      El architecto és colombiano y Villa de Leyva és cerca de Bogotá, capital del país. Un sítio para reposo y lazer.

      Saludos, equipo.

  13. Márcia disse:

    Não é na verdade uma inovação absoluta mas uma releitura do estilo de moradia na antiga capadócia(provavelmente a origem dos gregos). Mas é sem dúvida alguma sustentável e maravilhoso! Eu já ando a consturir coisas deste estilo assim em minha casa:um forno de pizza bem grande eu já fiz e ficou um show(minha pizza tem o verdadeiro sabor que deve ter,rs,rs,rs, e reboquei meus enormes muros com argila e figuras e restos de azulejos e louças (quebardas) incorporados ….acrescentei muitos vasos suspensos e ornamentos com bambu…..e arandelas que eu mesma fiz, para iluminar….ficou um espetáculo…até parece coisa de revista…e eu fiz nas horas vagas…foi divertido e terapêutico…dia desses posto fotos na net.Quem sabe inspira outras pessoas a botarem a mão na massa..ou melhor no barro…é delicioso, terapeutico…e é incrível como lidar com a terra, a água e o fogo está tão intimamante ligado a nossa natureza..animalllllll.Adooooooro!


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *