De Mochila pelas Américas

Roubado por um macaco

em 12 fevereiro, 2013

Macaco 1
Macaco 2
Macaco 3
Macaco 4
Macaco 5


Sentado à beira do rio Caldera, na região de Chiriquí, apreciava meu almoço, logo após o mergulho – um pacotinho de cookies. Baita susto levei quando ao meu lado estava um macaco-prego, à procura de comida. Selvagem, vagava livre pelas rochas ao longo do rio.

Meus primeiros pensamentos foram tentar contato ou preparar defesa, visto que o bicho tinha dentes afiados e tamanho razoável. Não sabia qual seria sua reação.

Optei por correr até a mochila para pegar a câmera fotográfica. Ele decidiu o mesmo e, adiantado, chegou antes de mim ao ponto onde larguei meus equipamentos. Olhou a mochila e não hesitou: agarrou logo a garrafa de isotônico que guardava para a caminhada de volta.

Ágil, deixou as rochas e se abrigou à sombra, logo após o rio. Resolvi trocar a garrafa por boas imagens e segui o animal. O macaco não se incomodou com minha presença, olhou-me com tranquilidade e seguiu deliciando-se com o hidratante, cauda enrolada na árvore para servir de apoio.

Os macacos-prego são de porte médio e podem ser encontrados nas florestas das Américas do Sul e Central. Normalmente andam em bandos e podem viver até os 55 anos.

Tags:, , , , , ,

27 Comentários link permanente

27 Posts

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *